Amadou Sanogo

Amadou Sanogo

Nasceu em 1977, em Segou, no Mali
Reside e trabalha em Bamako, Mali

Sanogo começou a pintar inspirando-se nas cores e na atmosfera do mercado na sua terra natal. O seu professor de arte, da Segóvia, encorajou-o a ir para o Instituto Nacional de Artes em Bamako para estudar, uma das escolas de Belas Artes mais reconhecidas na África Ocidental. Identificado pelo diretor da escola Abdoulaye Konaté, Sanogo aperfeiçoa a sua aprendizagem no início da década de 2000.

Rejeitando o estilo mais académico, prefere ser autodidata, pintando primeiro em folhas e depois em telas de diferentes tamanhos que encontra no mercado de tecidos. Investe nestes projetos com uma paixão genuína. Inventa os seus próprios códigos pictóricos. Relaciona a história do seu país com contos épicos históricos e eventos recentes, mas também com experiências da sua vida. Lidera a sua própria guerrilha artística, com humor, perante a estagnação política, a estupidez, a ganância e sentimentos de banalidade.

A aparente simplicidade de execução dos seus quadros realça a relevância dos seus comentários em cada um dos seus quadros. Falam muito sobre os horrores e felicidade vividos pela sociedade no Mali contemporâneo, entre a tradição e a tentadora modernidade. As suas últimas obras expressam a busca pela identidade do indivíduo na sociedade africana.